Florence

terça-feira, 27 de outubro de 2020

 

Florence foi vencedor na categoria de “Melhor Jogo de Celular” pelo The Game Awards de 2018

Você se lembra do seu primeiro amor? Que te deixava boba, com as mãos suando e a voz trêmula? Que tal experimentar isso novamente? Em Florence tudo isso é possível, um jogo interativo produzido pelo estúdio australiano Mountains e publicado pela Annapurna Interactive.

Ao som de piano, flauta, violoncelo e clarinete que vamos conhecendo a vida de uma jovem que aos 25 anos no auge de uma vida monótona, se apaixona. Que se entrega, descobre o amor por outras coisas que deixou de viver por conta de uma rotina cheia de responsabilidades.

Ao todo temos 20 capítulos que são divididos em seis atos. Neles são mostrados alguns dramas que vêm com o amadurecimento, como por exemplo se distanciar daqueles amigos que sempre estavam em nossas vidas.

Música, arte, amor e cotidiano juntos em um jogo que com certeza vai fazer você sorrir e se sentir emocionada por conta de sua história, isso sem nem ter diálogos.


Sobre as suas mecânicas, elas vão mudando conforme você avança, permitindo que a narrativa seja contada de outros jeitos, mas sempre de forma interativa. Como alguns minijogos divertidos, embora eles não façam diferença para a história, pois suas escolhas não afetam o rumo final.


Achei bem importante que a equipe de desenvolvimento do jogo contou majoritariamente por mulheres. Trabalhando na parte de produção, arte, programação e game design.

Talvez um ponto para considerar seja a curta duração, — vai depender de quanto tempo você ficará observando os belíssimos traços feitos manualmente. Eu terminei em um pouco mais de uma hora e meia.

O jogo está disponível para Nintendo Switch, Android, Microsoft Windows e MacOS.

Comments

  1. Eu confesso que não entendo, absolutamente, nada sobre games, mas esse post sobre o Florence me deu MUITA vontade de jogar. Me identifiquei com a trama dele, com as cores, instrumentos e desenhos. Tudo muito lindo, e além disso retrata algo que todas nós mulheres já tivemos experiência: paixão. Amei muito, parabéns pelo post! <3

    ResponderExcluir